online e gratuita. 14 a 30 de junho de 2021.

Júri Oficial

André Antonio-3

Prof. Dr. André Antônio 

Cineasta e Professor da Escola de Comunicação da Unicap 

Diretor, roteirista, diretor de arte e montador de cinema. É um dos fundadores do coletivo Surto & Deslumbramento e também professor no curso de Fotografia da Universidade Católica de Pernambuco. Em 2015, lançou seu primeiro longa-metragem, “A Seita”.

Alexandre Figueiroa

Prof. Dr. Alexandre Figueiroa  

Cineasta, Crítico de Cinema e Professor da Escola de Comunicação da Unicap

Doutor em Estudos Cinematográficos e Audiovisuais pela Universidade Paris 3. É crítico e pesquisador de cinema, professor adjunto do curso de Jornalismo, do curso de Especialização em Estudos Cinematográficos e do mestrado em Indústrias Criativas da Universidade Católica de Pernambuco. Publicou, entre outros, os livros O Super 8 em Pernambuco (Fundarpe, 1992); Cinema Pernambucano: uma História em Ciclos (FCCR, 2000); La Vague du Cinema Novo en France, Fut-elle une Invention de la Critique? (L’Harmattan, 2000); Cinema Novo, a Onda do Jovem Cinema e sua Recepção na França (Papirus, 2004); Guel Arraes: um Inventor no Audiovisual Brasileiro (CEPE, 2008); O Documentário em Pernambuco no Século XX , com Claudio Bezerra (2016). Realizou os documentários Eternamente Ágora (1987), com George Moura; Eternamente Elza (2013), com Paulo Feitosa; Tudo se Liga, Siga (2015), com Sérgio Dantas; Kibe Lanches (2017) e Piu Piu (2019).

Priscila Urpia

Priscila Urpia  

Jornalista, fotógrafa, curadora e produtora cultural

É CEO da Bem Dita Pauta, jornalista responsável da Revista Philos, co-apresentadora do CineRua  Podcast e do Sala de Cinema. No audiovisual atua na curadoria e júris de festivais e mostras audiovisuais, além de produções de projetos diversos. É curadora audiovisual do Cine Philos e do Festival Internacional de Artes Gráficas de São Paulo – Finart. Nas artes visuais dedica-se à curadoria, agenciamentos e à fotografia com recorte documental voltado para as relações sociais. Integra o Coletivo #CineRuaPE junto ao Cineclube CineRua e o Conselho Consultivo do Audiovisual de Pernambuco.

Júri da Crítica

Arthur Gadelha

Arthur Gadelha 

Produtor audiovisual do Jornal O Povo e presidente da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine), foi um dos autores da Revista Movimento, curador da última edição do Festival de Jericoacoara e integrou júris da crítica em festivais como Cine Ceará, For Rainbow e Noia. Ministrou palestras, cursos e oficinas na área crítica, e dirigiu três curtas-metragens: Distante (2015), Como Chegamos Aqui (2016) e Capitais (2018), codirigido com Kamilla Medeiros e vencedor de Melhor Filme Universitário do 51º Festival de Brasília.

Rafael M Vasconcelos

Rafael M. Vasconcelos 

Apaixonado por quadrinhos, literatura e cinema desde a infância, com uma grande predileção pela cultura pop como um todo e clássicos da Sessão da Tarde. Formado em Comunicação Social, também passou pelos cursos de Filosofia e Letras. Ainda na faculdade, trabalhou na direção e produção de programas de TV. Começou a escrever sobre cinema em blogs, mais tarde colabou em sites de cultura pop como Judão, Puro Pop, Who’s Nerd? e Cosmonerd, bem como no jornal Diário do Nordeste. Atualmente é membro da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) e mantém o perfil @cult.pop.etc no Instagram, onde publica livremente suas críticas.

Thiago Henrique Sena

Thiago Henrique Sena

Atual vice-presidente da Aceccine. Bacharel em Cinema e licenciado em Letras ambos pela UFC. No ambiente audiovisual, possui experiência na área de realização, roteirização e produção cinematográfica. Atua como crítico de cinema e de jogos desde 2014, com o já extinto blog Cine in Sena, e a partir de 2016 idealiza e passa a colaborar com o site Só Mais Uma coisa.

Mostra Curta Vazantes – Cinema em Comunidade

Encontre-nos em: